fbpx
ContosHorror

A Câmara do Terror | Conto de Horror

Escrito por: Leo Rodrigues

A câmara do terror lhe mostra seus maiores medos. Do que você tem medo? Um conto para maiores de 16 anos.

Ricardo não via a hora de chegar à câmara do medo, ele já estava fazendo o tour do parque do terror de North Ville há duas horas ou talvez fossem duas horas e meia, ele não sabia ao certo. Contudo, sabia que nada ali lhe assustara até então.
Ele ouvira falar a respeito da câmara do terror, diziam que ela lhe mostrava o seu maior medo e, não só isso, tornava-o real. E ele, como muitos adolescentes da sua idade, adorava se colocar à prova e desafiar seus limites. Ricardo gabava-se para os amigos de ser completamente destemido e desejava que eles estivessem ali para que pudesse provar.
Finalmente chegara a hora, ele entrou na fila do brinquedo, após montanhas russas com robôs realistas sem graça, casa fantasma com atores mal maquiados e labirintos de espelhos que mostravam reflexos tão distorcidos que mais pareciam massas disformes nada assustadoras.
Assim que chegou, ele pôde ver uma pessoa sendo carregada em uma maca, chegou até a se animar com aquela cena, será que finalmente sentiria medo? Tinham oito pessoas em sua frente, ficou observando o funcionário do parque entregar um pequeno bastão com um botão na ponta para a pessoa que adentraria à câmara, pois, se o medo fosse demais, ela poderia apertar o botão, que acenderia uma luz vermelha do lado de fora e o funcionário abriria a porta, dando fim à experiência.
O primeiro entrou e Ricardo contou, 1… 2… a luz acendeu, o homem barbado que entrou chorava como um bebê. Foi a vez do segundo, aparentava ter sua idade, 1… 2… 3… acendeu a luz, o garoto não chorava, mas estava pálido como neve fresca. E então, a terceira pessoa, a quarta, a quinta, ninguém aguentava mais que três segundos lá dentro.
Agora, ele era o terceiro da fila, se desafiou a ficar pelo menos cinco segundos dentro da câmara, deveria ser o recorde do parque e ele, dentre todos, era a pessoa certa para batê-lo. Logo chegou sua vez, e o funcionário lhe explicou as instruções que ele já ouvira diversas vezes enquanto estava na fila. Ao mesmo tempo ansioso e confiante, pegou o pequeno bastão em sua mão direita e adentrou a câmara.
Enquanto a porta se fechava, ele percebeu dois jatos de gelo seco, dando à sala um clima misterioso. Começou a contar:
1… nada aparecera até então, o jovem indagou mentalmente se ele realmente não tinha medo algum.

2… sentiu seu estômago revirando, o coração acelerou.

3… estava arrepiado dos pés à cabeça e sentia calafrios pelo corpo todo.

4… finalmente ele entendera, aquele era então o seu único medo, caiu de joelhos, não podia respirar, seu coração já não batia mais e sua visão rodopiava como um peão.

5… sorriu fracamente, ele bateu o recorde e finalmente sentiu medo de verdade, caiu no chão, com os lábios roxos e inchados, os olhos arregalados, com as pupilas dilatadas e com uma coloração esbranquiçada como leite, a pele fria e pálida.

Quando abriu a porta e viu aquele corpo estirado no chão, o funcionário reclamou:
– Puts… Mais um. Jonas! Marcão!
Dois homens fortes colocaram o corpo de Ricardo numa maca e levaram-no dali. O funcionário exclamou:
– Próximo!!

O fim!


Nossa parceira! Editora CHA – Livros e Sistemas Nacionais – https://editoracha.com.br/loja/


Podcast RPG


APOIE NOSSA CAUSA!

Nossa Campanha do PADRIM está no AR! Acesse e veja nossas Metas e Recompensas para os Padrinhos e Madrinhas.
padrim.com.br/rpgnext

 

Se você preferir nos apoiar pelo PICPAY, acesse e veja nossas recompensas:
picpay.me/rpgnext

 

Doadores

 

COMPARTILHE!

Se você gostou desse Podcast de RPG, então não se esqueça de compartilhar!

Nosso site é https://rpgnext.com.br,

DEIXE SEU FEEDBACK!

Se quiser deixar seu feedback, nos envie um e-mail em [email protected] ou faça um comentário nesse post logo abaixo.

Seu comentário é muito importante para a melhoria dos próximos episódios. Beleza? Muito obrigado pelo suporte, pessoal!

Mostrar mais

Sturza

Curioso, dependente da tecnologia, amante de livros e corretor de contos.
Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: